A longevidade e a maturidade dos empreendimentos do Jornalismo digital

Mais da metade das iniciativas pesquisadas em Empreendimentos Digitais do Jornalismo Brasileiro já tem mais de dois anos de atividade

No panorama dos empreendimentos digitais brasileiros aparecem iniciativas que surgiram pouco depois do início da internet comercial no Brasil e já estão prestes a completar duas décadas. Embora a pesquisa revele uma concentração grande de iniciativas lançadas nos anos de 2014 e 2015, mais da metade delas (51,5%) começou a operar antes disso. E há um número expressivo de operações longevas, com mais de 5 anos de atividade, como se pode ver no gráfico abaixo. Nele, estão distribuídos os dados de longevidade das iniciativas que participam da pesquisa, considerando o ano de início das atividades.

A sobrevivência desses negócios é um alento para quem está começando a empreender, mas devemos lembrar que quase não há barreiras de entrada no mercado de conteúdo digital, qualquer jornalista pode criar seu site com quase nenhum investimento além do custo do seu próprio tempo. Essa facilidade de criação e até de manutenção das iniciativas, ainda que latente, pode mascarar a realidade já que o nível de atividade é definido pela capacidade de quem produz e não pela demanda.

E eis que chegamos ao primeiro desafio indicado pela pesquisa: como definir a maturidade de um negócio digital?

Não há no resultado da pesquisa evidências que permitam identificar quais delas chegaram à maturidade. O certo é que esse é um indicador que não pode ser medido pelo tempo de atividade de um empreendimento. Há uma diversidade de propostas, de porte das iniciativas, de temas focais e de modelos de negócio que torna impossível determinar um tempo médio para que um empreendimento em Jornalismo digital seja considerado maduro. Em meio a tantas variáveis, a definição dos indicadores deve ser feita individualmente, empresa a empresa, com métricas adequadas às características de cada empreendimento.

Mesmo assim, considero que alguns indicadores são fundamentais para a análise de maturidade de um negócio digital. Eles estão listados abaixo. O empreendimento deve estabelecer os parâmetros e pode agregar outros indicadores, que façam sentido para a sobrevivência do seu negócio:

  • Fidelidade da audiência
  • Conhecimento dos hábitos e comportamentos do público
  • O quão relevante o produto consegue ser para os temas e o público-alvo
  • Que nível de influência o empreendimento tem junto ao público
  • Posição no ranking comparada a de seus concorrentes
  • Presença nas mídias sociais: nível de engajamento
  • Capacidade de formar comunidades
  • Plataformas estáveis e ágeis
  • Saúde financeira e variedade de fontes de financiamento do negócio
  • Capacidade de tomar decisões em tempo real e mudar com agilidade os caminhos do negócio
  • Dedicação exclusiva dos sócios ao negócio
  • Grupo de colaboradores engajados no sucesso do empreendimento
  • A iniciativa sobrevive sem seu criador?

Você tem sugestões de mais indicadores? Compartilhe na área de comentários.

Leia também:
Como surgem e crescem os novos empreendimentos digitais do Jornalismo no Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *